terça-feira, 20 de março de 2012

Benchmarking Brasil: práticas de sustentabilidade


O que é?        
  O Programa Benchmarking Ambiental Brasileiro é uma iniciativa independente de fomento a sustentabilidade que tem por objetivo central a difusão, fortalecimento e incentivo a adoção das boas práticas socioambientais nas empresas e instituições brasileiras atuantes nos 03 setores da economia. É uma iniciativa brasileira com abrangência e reconhecimento internacional.



Como surgiu?   
Em 2003, após uma rápida enquete com aproximadamente 300 empresas, foi identificada demanda pela prática Benchmarking. A partir daí, a MAIS PROJETOS empresa de gestão e capacitação socioambiental, desenvolveu um programa sob medida para identificar, selecionar e compartilhar o melhor do conhecimento socioambiental aplicado. Nasceu assim uma iniciativa independente, apoiada pelas principais entidades representativas do país e que em 08 anos de existência construiu e compartilha o maior acervo técnico de práticas de excelência socioambiental corporativa do país.                                                                                              


O que faz?                                                                           
Reconhece e compartilha o que uma organização ou profissional tem de mais valioso: o seu conhecimento aplicado. Na gestão socioambiental há urgência em formar gestores qualificados e aptos a lidar com os desafios da nossa época. O reconhecimento dentro do Programa Benchmarking tem a função de motivar os talentos desta área para alimentar o banco de boas práticas socioambientais.

Hoje, o Programa Benchmarking é uma iniciativa agregadora dos mais variados segmentos e temáticas socioambientais. Ciente de que mais do que reconhecer, o importante é replicar estas boas práticas por meio da difusão e incentivo, o Programa tem 10 frentes de atuação para promover o compartilhamento e intercâmbio entre os profissionais atuantes na área socioambiental por meio de publicações, eventos, bancos digitais e outras formas de intercâmbio e divulgação.

Todos ganham, e o beneficiário maior é a sociedade brasileira que pode conferir os indicadores e a metodologia das ações socioambientais das instituições comprometidas com a melhoria contínua e a responsabilidade socioambiental
                                                                              



Porque é sucesso e cresce cada vez mais?

Porque presta um serviço ao desenvolvimento sustentável e eleva o nível do debate promovendo um produtivo diálogo para interação, aprendizado e troca de experiências bem sucedidas. De forma estruturada e fundamentada identifica e compartilha as boas praticas com toda a sociedade, beneficiando organizações e gestores que querem aprender e desenvolver e consumidores cidadãos que querem fazer escolhas conscientes e para isto precisam ter certeza da qualidade de suas práticas.
   Em 07 edições, o Programa contabilizou 198 cases vencedores divididos em 10 temáticas gerenciais. Contou com aproximadamente 100 especialistas de 12 países em sua comissão técnica, e mais de 100 apoiadores institucionais. 125 organizações dos 03 setores da economia integram o Ranking Benchmarking até o momento.  O programa já rendeu muitos frutos: O maior Banco Digital de Boas Práticas Socioambientais de livre acesso do país, publicações didáticas e técnicas (livro, Guia e Revista Benchmarking), uma feira internacional (FIBoPS), parceria com a FNQ – Fundação Nacional da Qualidade para publicação dos cases em seu Banco de Boas Práticas (2008) e diversos eventos técnicos gratuitos. No total, mais de 70 mil pessoas já tiveram contato com as boas práticas socioambientais do Programa Benchmarking.


 Como atua?
Com o apoio das principais entidades representativas e associativas e a colaboração de uma comissão técnica multidisciplinar composta por especialistas nacionais e internacionais e renovada anualmente se define Ranking Benchmarking das instituições reconhecidas como detentoras das melhores práticas socioambientais. A iniciativa para ter sua independência e credibilidade preservadas não pode contar com patrocinadores e sua viabilidade econômica é feita apenas pelas empresas e instituições que tem seus cases selecionados.
As entidades divulgam a iniciativa entre associados e públicos de relacionamentos, os especialistas avaliam e pontuam as práticas mediante critérios técnicos, as empresas e instituições inscrevem seus cases que se selecionados adquirem ingressos de participação no Dia Benchmarking, Compartilhar para Crescer onde é apresentado o Ranking Benchmarking dos melhores da gestão socioambiental brasileira a um seleto público de especialistas, autoridades, mídia e demais interessados.


Quem e como participar?
Empresas e instituições legalmente constituídas e operando em território nacional que tenham soluções inovadoras e práticas socioambientais que proporcionaram benefícios reais ao meio ambiente natural e a comunidade, além de competividade a organização adotante. Ou seja, uma prática que interferiu positivamente nas dimensões: social, ambiental e econômica e que se adaptada e replicada por outras atividades e segmentos proporcionará resultados semelhantes ao adotante.  Estas empresas e instituições inscrevem seus cases conforme regulamento de participação e se selecionadas se comprometem entre outros quesitos, a permitir o compartilhamento desta prática em bancos digitais, publicações, eventos técnicos, entre outros.


Porque participar?
1. Para ser reconhecida como Instituição ou Empresa Benchmarking, detentora de boas práticas socioambientais
2. Para comprovar que seu discurso e suas práticas são convergentes.
3. Para alimentar o maior Banco de Boas Práticas Socioambientais do país e ajudar a desenvolver e preparar os atuais e futuros gestores para as oportunidades e desafios que a variável socioambiental impõe à empresas e países.
4. Para ter acesso as exclusividades das Empresas e Instituições Benchmarking e participar de ações exclusivas:  Livro BenchMais, Guia e Revista Benchmarking, Banco Digital de Livre Acesso, Selo Benchmarking, Eventos técnicos GMGA, Bench Internacional, Bench Universidade, entre outros. Veja: Bench Plus 
5. Para ir além e ser mais do que uma empresa simplesmente adotante. Tornar-se uma empresa promotora das boas práticas em seu país.

Fonte:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...